Capacidade Potencial

Tratar de capacidade potencial sem um entendimento claro do que o termo significa gera confusão; e, se partíssemos de conceitos confusos, seria impossível fazer uma contribuição verdadeira para a gestão de pessoas e organizações.

O PIERON traz um conceito claro de capacidade potencial: com quanta complexidade uma pessoa pode lidar quando tem que fazer escolhas, tomar decisões e trabalhar até alcançar seus objetivos em condições de ambiguidade e incerteza.

A formulação e o desenvolvimento do conceito decorrem dos trabalhos de Elliott Jaques e Gillian Stamp, fundadores do Bioss, nosso parceiro estratégico. Diferencia-se completamente de outros conceitos tais como tipos e traços psicológicos, personalidade, inteligência etc. Esses se referem aos aspectos “visíveis” do comportamento, mas não explicam com quanta complexidade alguém estará confortável de lidar quando tiver que tomar decisões e conduzir ações até um objetivo e nem têm poder preditivo significativo com relação a performance e crescimento profissional.

“Exercer o julgamento é engajar-se com a complexidade. Sempre que não sabemos – e não é possível saber – o que fazer, enfrentamos o desafio do julgamento.”

A capacidade de julgamento das pessoas cresce ao longo do tempo através dos diferentes níveis de complexidade de trabalho: os Work Levels®. Evitamos, assim, o uso de termos como “baixo” ou “alto potencial”. Falamos de potencial “para que” e “para quando”. Isso respeita a individualidade e reforça o compromisso da gestão da capacidade em seus diferentes estágios de desenvolvimento.

O processo de compreensão da capacidade potencial não se baseia em testes. Valemo-nos de um diálogo apreciativo desenvolvido há mais de 40 anos, validado em diferentes países e culturas, e isento de qualquer viés de idade, gênero, raça ou educação. Este processo é o que empregamos em nossos processos de Assessment Work Levels®, uma das nossas abordagens mais reconhecidas junto às organizações.

Entre em Contato

“Para nós, reconhecer valor é compreender a capacidade potencial das pessoas e criar um ambiente para que possam fazer pleno uso dela.”