Four Journeys

O trabalho é somente um dos muitos elementos da vida e uma maneira de colocar o trabalho em contexto é a ideia de que cada um de nós trilha diferentes jornadas em nossas vidas. Este modelo, concebido por Gillian Stamp, identifica quatro jornadas que fazem parte da vida de todos nós:

A jornada pública é a nossa experiência no trabalho, na qual disponibilizamos nossa capacidade ao domínio público. Quando a jornada pública gera demandas pesadas demais, ela pode ser vista como sendo a única jornada que estamos vivendo.

A jornada privada envolve tudo o que pertence ao lugar em que vivemos e para o qual retornamos diariamente. Podemos viver sozinhos ou compartilhando esta jornada com a família e com amigos íntimos; e todos esses querendo tempo, energia e atenção de nossa parte.

A pessoal é a jornada por meio da qual cuidamos de nós mesmos e encontramos tempo e espaço para refletir. Algumas pessoas dão pouca atenção à sua jornada pessoal até que se defrontam com uma crise.

A jornada subjacente ou do self é a que se desdobra ao longo dos anos, e um elemento importante nela é o crescimento de nossa capacidade. Esta jornada do self nos ajuda a escutar nossa própria história, ver a continuidade interna de nossas vidas.

Uma profunda reflexão sobre nossas jornadas, estágios e momentos de nossas vidas é um dos recursos para nossos processos de Coaching Flow.

Entre em Contato